Mais de 1500 Juízes Federais se mobilizam para tentar acabar com o Foro Privilegiado




 Renan Calheiros (PMDB) provocou e a resposta veio em um batalhão de Juízes Federais que se mobilizam e fazem uma consulta ampla entre os maiores juristas e estudiosos da categoria, visando ver qual é a melhor forma de acabar com o abominável Foro Privilegiado.

Hoje, mais de 20 mil autoridades no país têm direito de serem investigadas e julgadas apenas em tribunais superiores, incluindo os magistrados, parlamentares, prefeitos e, em alguns casos, vereadores e delegados de polícia.

No ultimo  dia 28/10/2016, A  associação dos juízes (Ajufe) lançou a consulta, em meio à crise gerada pela Operação Métis.




A entidade sempre defendeu o fim do “privilégio”. “Contudo, há muitas outras questões a serem debatidas. Por exemplo: se a prerrogativa deve continuar para determinadas autoridades”, esclareceu a Ajufe em nota.

O presidente da associação, Roberto Veloso, disse que é a favor de ninguém ter foro especial. Nos Estados Unidos, até o presidente da República tem suas condutas apuradas por um magistrado comum.

VARA PRA POLÍTICOS

No entanto, o presidente da AJUFE disse que é preciso avaliar as opções.

“O ministro Luís Roberto Barroso quer uma vara para políticos, alguns defendem a manutenção do benefício para presidentes da República, do Senado, da Câmara e ministros do STF. São detalhes que temos que acertar”, disse Veloso.

A consulta se encerra em 9 de novembro. Terminada a pesquisa, a Ajufe vai pressionar para acabar com o benefício e divulgar os resultados à sociedade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *