Executivos da Odebrecht negociam contar como paragam dívidas da campanha de gleisi Hoffmann

Conforme o site de Lauro Jardim, um dos executivos da Odebrecht está negociando contar à força-tarefa da Lava-Jato como se deu a ajuda da empreiteira para pagar dívidas de campanha de Gleisi Hoffmann em 2014.

Tudo teria ocorrido após o período de encerramento de prestação de contas ao TSE. Isso significa que é ilegal.

Na ocasião, Gleisi recorreu diretamente a Dilma Rousseff para pedir que a presidente da República interviesse junto ao PT para que o partido a ajudasse.

Segundo foi narrado aos procuradores, Dilma convocou Edinho Silva, então ministro, e mandou que ele ajudasse Gleisi — o que foi feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *